Home » Matérias » Marcopolo lança novo Torino S com foco na eficiência operacional e de manutenção

Marcopolo lança novo Torino S com foco na eficiência operacional e de manutenção


10/07/2017

A Marcopolo coloca à disposição dos operadores mais uma versão do veículo mais vendido da marca. O Torino S (de Soluzione) foi desenvolvido ao longo de dois anos, mantendo os atributos do já consolidado modelo, como qualidade e robustez, mas desta vez com foco na eficiência operacional, manutenção simples e ágil, gerando menos custos para as empresas. Conforto, segurança e maior espaço, tanto para passageiros como para o motorista, também estão entre as características.

O Torino S chega ao mercado disponível, inicialmente, para cinco opções de chassis, que, segundo a Marcopolo, são os mais representativos em volume de vendas no território nacional. São três chassis Mercedes-Benz – OF 1519, OF 1721 e OF 1721 low entry – e outros dois modelos MAN – 15190 OD e 17230 OD. Para esses cinco modelos de chassis urbanos são oferecidas 24 diferentes configurações, que variam de 11.2m até 13.2m de comprimento. “Tudo vai depender do tipo de operação e região onde o veículo vai operar. Existem versões com duas e três portas, por exemplo”, afirma Paulo Corso, diretor de Operações Comerciais e Marketing da Marcopolo.

Para conceber o Torino S, as áreas de marketing e engenharia levantaram os principais pontos que poderiam ser otimizados. O intuito foi colaborar com o operador no momento de decisão de compra, para renovação da frota, além de auxiliá-lo a tornar sua operação ainda mais eficiente, reduzindo os custos de manutenção e garantindo maior tempo de utilização.

Foto: Divulgação / Marcopolo

 

Agilidade desde a aquisição

O novo Torino S será produzido na fábrica da Marcopolo Rio, em Xerém. A expectativa da empresa é comercializar mais de mil unidades ao longo de 2017, e que esta versão tenha boa participação no volume negociado dentro do segmento de veículos para aplicações urbanas. Para isso, e aproveitando a retração do mercado nacional, a Marcopolo vai dedicar parte de sua fábrica para a produção do Torino S. Assim, a expectativa de tempo médio de espera para entrega de um veículo, hoje de 60 dias, deve cair pela metade. “Isso gera eficiência para o operador”, explicou Corso.

Entre as novidades, o Torino S tem como diferenciais o design limpo e leve, com novos conjuntos ópticos dianteiro e traseiro, o que, em relação às outras versões, o torna um veículo simples, com pouca atratividade estética. Com lâmpadas em LED e desenho redondo, os faróis e lanternas têm máxima eficiência luminosa e são facilmente intercambiáveis, reduzindo tempo e custo de manutenção e reparo. Lembra outros modelos da marca, enquanto as versões anteriores do Torino S apresentam visual mais arrojado.

Mais conforto e espaço interno

Com foco na rapidez e custo de reparação, a nova versão ganhou também saias laterais retas, aro de rodas em borracha e placa do veículo incorporada (não mais no para-choque traseiro), além de vidros laterais intercambiáveis em um único tamanho.

Internamente as mudanças também são significativas. O posto de condução foi redesenhado para ampliar o conforto do motorista, proporcionar ergonomia e facilitar o acesso aos comandos. O Torino S também passou a contar com novas saídas de ar no painel, no teto e para as pernas, com ventilação mais forte e eficiente. O salão interno tem 2,48 m de largura, o que deve fazer a diferença no deslocamento dos passageiros no interior do veículo.

O Torino S chega para ocupar sua parcela de mercado, logo que se trata de um modelo concebido nas recomendações dos operadores e avaliações internas. O nicho de veículos para aplicações urbanas é o que demanda mais das fabricantes. Para Corso, o mercado gira em torno de 15 mil unidades e “os indicadores econômicos estão animadores. A diminuição da taxa de juros representa algo importante para a retomada dos negócios”, finaliza.

©Copyright Fetranspor 2017 | Todos os direitos reservados.