Busólogos mirins – Tiago: “quero dirigir ônibus e ganhar muito diamante”

09/09/2021 |

Festa, visita a uma garagem, uniforme, caixa de leite, jogo e canal no Youtube: tudo por conta da paixão por ônibus

Ele tem apenas seis anos, mas já sabe exatamente o que vai ser quando crescer: motorista de ônibus. Tiago Cesar Lima da Silva é muito firme e não hesita ao declarar sua paixão por esse meio de transporte. “Desde os quatro anos eu gosto de ônibus, me apaixonei. Eu fiz cinco anos, agora fiz seis, e continuo gostando de brincar de ônibus. Por isso que quero ser motorista, quero dirigir ônibus e ganhar muito diamante”, afirma. Os diamantes talvez não venham como motorista, mas, sendo um profissional dedicado e competente, certamente ganhará o carinho dos passageiros. Carinho de que, com sua simpatia e espontaneidade, já desfruta entre os motoristas e cobradores dos ônibus de Petrópolis, cidade onde vive com a família. “Ele entra no ônibus e cumprimenta, brinca com os motoristas e eles com ele”, revela a mãe, a cozinheira Mônica Oliveira de Lima, 49 anos.

Caçula de quatro irmãos – William Jorge, de 31 anos, Artur Roberto, de 30, Fabíola, de 22, e Breno, de 20 – Tiago é o xodó da casa. Segundo sua mãe, quando ele E tinha quatro anos, costumava ficar na casa da dona Eva, de 65 anos, que cuidava do menino enquanto Mônica, o pai, Getúlio Cesar da Silva, 54 anos, que trabalha numa loja de material de construção, e os filhos mais velhos estavam na labuta ou estudando. “A Eva era como uma avó. Ela gostava muito de sair e pra onde ela ia levava o Tiago. Os dois andavam muito de ônibus pela cidade. E ele começou a observar e a se interessar por tudo relacionado a ônibus, como o motorista dirigia, os botões do painel, tudo”, conta Mônica. O interesse, hoje em dia, continua o mesmo. “Quando vai para o colégio, sempre pede para sentar próximo ao motorista e fica imitando a gesticulação, além de segurar um volante de brinquedo durante a viagem”, revela a mãe.

A FESTA DE CINCO ANOS
Quando Tiago completou cinco anos, no dia 7 de outubro de 2019, pediu que o bolo fosse um ônibus da Turp Transporte Urbano (na época Turb Petrópolis), empresa municipal de Petrópolis, que atende o bairro onde mora. Acabou ganhando uma festa inteira em homenagem à empresa. E ganhou também um uniforme. “Tinha um cobrador, Alex, que fazia a linha 705, aqui de casa, e era bem magrinho. A gente pediu um uniforme dele e mandou cortar e adaptar para o tamanho do Tiago”, conta a irmã Fabíola. O menino ficou encantado com a comemoração. No dia seguinte, fez questão de levar um pedaço de bolo para seus amigos da Turp, no ponto. O motorista Jorge Brum, um dos mais próximos de Tiago, quando soube do tema da festa imediatamente contou na empresa sobre o evento e a secretária Mara Pereira entrou em contato com a família de Tiago, convidando-os para uma visita à garagem.

“Quando vai para o colégio, sempre pede para sentar próximo ao motorista e fica imitando a gesticulação, além de segurar um volante de brinquedo durante a viagem”
Mônica Oliveira de Lima, mãe de Tiago

No dia da visita, 9 de outubro, Fabíola e Tiago se dirigiram ao Terminal e lá embarcaram em um ônibus zero quilômetro que a Turp enviou para buscá-los. “Quando chegamos, ele vestiu o uniforme e todo mundo ficou admirado. Aí, eles mostraram tudo pra ele, como trocava um pneu, como consertava, onde colocava o combustível… Os botões de abrir e fechar a porta ele já sabia quais eram, porque, sempre que andava de ônibus, prestava atenção no que o motorista fazia e, só de observar, aprendeu”, diz a irmã. “O Tiago até assinou um papel igual ao que os motoristas assinam”, completa. Depois de conhecer a garagem, o menino foi levado para uma sala onde outra festa de aniversário o esperava. “Ele ficou tão encantado que não teve nem reação”, lembra Fabíola. E ganhou vários presentes. “Ganhei moto, carrinho, ônibus, um monte de coisa. Eu gostei muito. Até tiraram fotos minhas”, lembra o futuro motorista. “Agora eu sou um motorista da Turb. Já sei dirigir, lavar ônibus e trocar o pneu, se der algum problema. Todo mundo lá é meu amigo. Foi o melhor aniversário que eu já tive”, falou na ocasião da visita.

BRINCAR DE DIRIGIR
De lá para cá, a paixão de Tiago por ônibus, como ele mesmo falou, só cresce. O menino possui várias miniaturas e também produz, com a ajuda da irmã, seus próprios ônibus de brinquedo, feitos com caixas de leite. Fabíola conta que corta algumas partes da caixa para imitar as portas do ônibus. “Ele pega os carrinhos e coloca dentro da caixa, fingindo que são os passageiros”. Outra diversão do menino é sentar-se no degrau da escada do prédio onde mora, vestindo seu uniforme de rodoviário, e fingir que está dirigindo. Também baixou um jogo no celular, um simulador de direção de ônibus. E é fã do canal “Por trás do volante”, do Youtube, que retrata a vida de um motorista de ônibus e dá dicas para futuros profissionais.

“Ganhei moto, carrinho, ônibus, um monte de coisa. Eu gostei muito. Até tiraram fotos minhas. Todo mundo lá é meu amigo”
Tiago

Quando conseguir realizar seu sonho, Tiago promete ser um ótimo motorista. Mas, já avisou para a mãe: “Eu não vou levar a senhora de graça, não. Quando ficar mais velha, vai ter que pagar passagem”. O futuro motorista de ônibus, que quer ganhar muito diamante, é certamente ele próprio uma pedra preciosa, concorda?

Comente aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *