Cálculo da tarifa da passagem de ônibus

02/06/2021 |

O transporte por ônibus é um serviço essencial para a sociedade. Apesar de sua importância na vida das pessoas, ainda há muitas dúvidas sobre como se dá a prestação desse serviço e, principalmente, como se define o valor da tarifa. A Fetranspor produziu um vídeo, de menos de dois minutos, explicando como é calculado o valor da passagem de ônibus e os vários fatores que podem influenciar a tarifa, contribuindo para o seu aumento ou redução. A qualidade do serviço, que inclui veículos com benefícios como ar-condicionado e wi-fi, a taxa de ocupação dos ônibus e a frequência das linhas, a idade e conservação da frota e o itinerário percorrido são alguns desses fatores. Além disso, o preço da passagem também é determinado pela gratuidade para idosos, estudantes e pessoas com deficiência, pela tarifa única para viagens curtas ou longas, pelas integrações entre vários tipos de modais, pelo alto preço do combustível e pela cobrança de impostos e taxas. Para se chegar ao valor da tarifa, somam-se todos esses itens e divide-se pelo número de passageiros pagantes.

O serviço de transporte por ônibus é prestado sob a forma de concessão ou permissão dos governos municipais, estaduais ou federal. Na maioria das grandes cidades do mundo, esse poder concedente assume parte do custo da tarifa e o passageiro paga a outra parte. No Brasil, no entanto, poucas cidades recebem esse subsídio. Recife, Brasília, Vitória, São Paulo, Campinas e Florianópolis são alguns exemplos.

“Uma tarifa justa deve equilibrar vários fatores (que diminuem e que aumentam a tarifa). E o operador precisa ter condições de investir na qualidade do serviço. É preciso mudar esse modelo, para que operador, governo e sociedade, juntos, possam garantir um transporte de qualidade com segurança, conforto, frequência, pontualidade e muito mais”, informa o trecho final do vídeo, que está disponível no site da Fetranspor (www.fetranspor.com.br).

Comente aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *