Conscientização é a palavra de ordem

30/11/2020 |

A Fetranspor, os sindicatos filiados e as empresas de ônibus do estado do Rio de Janeiro acabam de lançar a segunda etapa da campanha “Retorno da Quarentena”, cujo foco principal são os rodoviários. As peças destacam a importância desses profissionais para a mobilidade urbana, em especial para o transporte público por ônibus do Estado, durante a pandemia da Covid-19. Medidas de proteção adotadas pelas empresas de ônibus para evitar o contágio e a disseminação do novo coronavírus também estão sendo divulgadas em posts na internet.

Foram produzidos cinco vídeos com depoimentos de rodoviários de diferentes áreas de atuação nas empresas de ônibus – um motorista, um despachante, um cobrador, uma médica do Trabalho e dois colaboradores responsáveis pela limpeza dos veículos. Nos vídeos, eles contam como tem sido seu dia a dia profissional desde o começo da pandemia, destacando os cuidados que adotam para cumprir sua missão com os clientes, oferecendo o máximo de segurança frente aos riscos de contaminação e propagação do novo coronavírus. Os vídeos e posts da campanha estão sendo divulgados nas redes sociais da Federação e dos sindicatos filiados (Facebook, Instagram e YouTube) e enviados por WhatsApp e e-mail marketing.

“A ideia da campanha é promover a valorização desses profissionais, mostrar a grandeza de seu trabalho…”
Verônica Abdalla, gerente de Comunicação Institucional da Fetranspor

VALORIZAÇÃO E RECONHECIMENTO
Além de mostrar o empenho e comprometimento dos rodoviários durante a pandemia, os vídeos destacam algumas ações implementadas pelas empresas, seguindo os protocolos sanitários, para diminuir os riscos de contágio pela Covid-19. Assim, são mostradas medidas, como: organização das filas nos terminais, higienização dos veículos nas garagens, orientação e acompanhamento dos colaboradores em geral, orientação de clientes quanto à necessidade do uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel nos pontos, entre outras. Essa segunda etapa da campanha tem como principal objetivo valorizar o trabalho dos rodoviários, que foram e têm sido essenciais para a população desde março, quando foi anunciada a paralisação das atividades econômicas e o isolamento social para conter o avanço do vírus. Na última edição da Revista Ônibus (nº 110), esses profissionais foram destaque na matéria de capa. Foram entrevistados então onze rodoviários, entre motoristas, inspetores, supervisores e mecânicos, sobre suas rotinas de trabalho em tempos de pandemia. Com a campanha, Fetranspor, sindicatos e empresas mostram, novamente, o papel dos rodoviários na sociedade, reconhecendo a importância de sua atividade. “Assim como a matéria da Ônibus, a ideia da campanha é promover a valorização desses profissionais, mostrar a grandeza de seu trabalho e como seus esforços foram determinantes para a manutenção do serviço, garantindo o ir e vir da população, mesmo durante os períodos mais críticos da pandemia”, afirma a gerente de Comunicação Institucional da Fetranspor, Verônica Abdalla.

“Entendemos que o processo de conscientização das pessoas e das organizações empresariais deve ser contínuo”
Armando Guerra, presidente executivo da Fetranspor

PRIMEIRA ETAPA FOI EM JUNHO
A primeira etapa da campanha “Retorno da Quarentena”, lançada em junho passado, teve como foco as empresas filiadas à Fetranspor e aos sindicatos, buscando orientar sobre os cuidados necessários para prevenir a propagação do vírus entre seus colaboradores e clientes. A ação contou com: uma vídeoaula, ministrada por infectologista, com orientações quanto à higienização dos ônibus; spot de rádio; busdoor e cartazes afixados no interior dos ônibus, e peças, contendo os protocolos sanitários, para divulgação em redes sociais. Também foi produzido o Guia de Prevenção à Covid-19, com orientações para as empresas, a partir da retomada das atividades econômicas.

“Entendemos que o processo de conscientização das pessoas e das organizações empresariais deve ser contínuo. A tendência, ao longo do tempo, é haver certo desgaste e cansaço, por parte da população em geral, quanto à necessidade de proteção. Por isso, é importante lembrarmos sempre, por exemplo, que é preciso usar a máscara, higienizar as mãos e praticar o distanciamento social. E fazemos isto através de campanhas como esta, que, ao mostrar o esforço e a dedicação dos rodoviários para garantir o serviço de ônibus com segurança para os cidadãos do estado do Rio de Janeiro, gera empatia e promove mais e mais atitudes voltadas para o bem coletivo”, afirma Armando Guerra, presidente executivo da Federação.

Comente aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *