Prejuízos passam de R$ 700 milhões

19/08/2020 |

Empresas do estado do Rio de Janeiro apresentam grande agravamento no desequilíbrio econômico durante a pandemia

Nos meses de março a junho de 2020, as empresas de transporte de passageiros por ônibus do estado do Rio de Janeiro tiveram uma diminuição de 310 milhões de passageiros pagantes transportados (Gráfico 1), uma que GRÁFICO 1 Fonte: Fetranspor da de 58%, em média, do que era transportado no período anterior à pandemia do novo coronavírus. Isso significou uma perda de receita de 1,7 bilhão de reais (Gráfico 2). A frota circulante também caiu, mas em proporção menor: cerca de 50%, ou seja, 8.978 veículos circulando na média do período, comparada com a anterior, de 17.984 ônibus (Gráfico 3). Essa diminuição drástica de receita, somada à redução da quantidade de passageiros transportados por veículo operado, trouxe um prejuízo total de 710 milhões de reais às empresas, em apenas quatro meses (Gráfico 4). Empresas do estado do Rio de Janeiro apresentam grande agravamento no desequilíbrio econômico durante a pandemia -310 milhões de passageiros em 4 meses

 

Comente aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *