Rodoviários de Niterói são treinados para enfrentar casos de assédio

08/06/2022 |

ACoordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim), em parceria com a equipe de Educação para o Trânsito da NitTrans (Niterói Transporte e Trânsito) e as empresas de ônibus da cidade, está promovendo a capacitação de motoristas de ônibus, fiscais, despachantes, controladores e inspetores, através do chamado Treinamento Lilás, para enfrentamento do assédio nos transportes públicos. O objetivo é conscientizar e educar profissionais de diferentes segmentos, que atuam no atendimento direto à população, quanto ao acolhimento de mulheres em situação de violência, bem como apresentar aos participantes a rede de enfrentamento à violência contra a mulher na cidade e os órgãos parceiros para possível encaminhamento da vítima.

“A parceria com as empresas de ônibus na realização da capacitação através do Treinamento Lilás se deu por intermédio do setor de Educação da NIitTrans. Anteriormente, a Codim já havia realizado o mesmo treinamento com os agentes de trânsito, com o objetivo de capacitar aqueles funcionários públicos que trabalham em contato direto com a população. A iniciativa, que antes visava capacitar o público interno da Prefeitura, ganhou outra proporção quando as empresas de ônibus e outros parceiros do setor privado foram surgindo. Assim, respondemos a essa demanda de forma muito positiva, pois visualizamos a oportunidade de ampliar ainda mais a capacitação sobre os mecanismos de proteção à mulher no nosso município”, explica Yasmin Pimenta, diretora de Projetos da Codim.

 

Consórcio TransOceânico

Rodoviários das empresas Viação Pendotiba, Santo Antônio, Expresso Miramar e Viação Fortaleza, que integram o Consórcio TransOceânico, participaram das primeiras turmas do treinamento, em março. Até a segunda semana de maio, mais de 100 motoristas, além dos outros profissionais da operação dessas empresas de transporte coletivo já estavam capacitados. “Gostaríamos de atingir todas as empresas de ônibus que circulam no nosso município”, afirma Yasmin, esclarecendo que, para atingir esse objetivo e estender o curso aos demais motoristas, fiscais, inspetores e controladores de Niterói, a Coordenadoria depende de pedido das transportadoras.

Segundo a diretora, incluir esses rodoviários no Treinamento Lilás é “importante para a construção da sociedade que desejamos”. Yasmin lembrou que a violência contra a mulher é um tema com bastante evidência, especialmente no mês de março, devido ao Dia Internacional da Mulher (8), e quando acontecem casos de feminicídio ou de assédio. A diretora alerta que, na verdade, os casos de violência contra a mulher são em número bem maior do que os registrados e do que aqueles que viram notícia na televisão e nos jornais. “Por isso, precisamos de todos engajados no enfrentamento a esse tipo de violência, para que as mulheres saibam que não estão sozinhas e para que sejam encaminhadas à nossa Rede Municipal de Proteção à Mulher”, afirma.

O presidente do Setrerj (Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro), Marcio Barbosa, destacou a relevância da parceria entre a Codim e as empresas de ônibus. “A gente reconhece a importância do setor de transporte coletivo no combate a esse tipo de violação. Defendemos que principalmente os motoristas devem estar treinados para ajudar e indicar quais são os caminhos que as mulheres que se sentirem agredidas devem buscar e como eles devem agir para evitar ou lidar com casos de assédio dentro dos ônibus. Esse treinamento deve abranger o maior número de profissionais do nosso setor”, afirma.

O presidente do Consórcio Transoceânico, Sérgio Dias Costa, afirma que o consórcio tem buscado trabalhar em conjunto com os órgãos municipais em todas as suas áreas de atuação, em especial aquelas relacionadas à melhoria da qualidade de vida de seus colaboradores e clientes. “Uma de nossas mais valiosas parceiras é a Codim, que nos proporciona a oportunidade de trazer para o nosso público interno, e desse para todos os nossos clientes, as políticas públicas de valorização das mulheres e de preservação de seus direitos, bem como sua divulgação e aplicação”, afirma.

As empresas que integram o Transoceânico foram as primeiras a participarem do Treinamento Lilás. Motoristas e outros profissionais que atuam junto ao cliente foram capacitados. “Nessas palestras da Codim foi ampliado o conhecimento das leis que asseguram os direitos das mulheres e foram mostrados os serviços disponibilizados pelo poder público, seja através da Codim ou de outras áreas da prefeitura, que trazem acolhimento e atendimento às pessoas que estiverem em condições de vulnerabilidade”, disse o presidente do Consórcio. “Para o nosso público, foi importante a discussão das causas das desigualdades vivenciadas até hoje, qual é a melhor forma de não aceitação desta situação e, quando necessário, seu encaminhamento para solução em âmbito competente. No caso específico do transporte coletivo de passageiros, foi bastante enfatizada a oportunidade de prestarmos um serviço à sociedade, ficando atentos às ocorrências nos ônibus e, com o conhecimento obtido, assumir uma posição de destaque na contenção das mesmas, auxiliando no direcionamento correto das pessoas para serem atendidas e terem seus direitos garantidos. Os participantes ficaram extremamente satisfeitos com o debate e se mostraram sensíveis ao tema”, acrescentou Sérgio Dias.

Comente aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *